Responsórios

(Relicário com parte do osso do braço esquerdo de S. António que se venera nesta Igreja)

 

Responsório de Santo António

Se milagres desejais,
Recorrei a Santo António;
Vereis fugir o demónio
E as tentações infernais.

Ref. Recupera-se o perdido,
       Rompe-se a dura prisão
       E no auge do furacão
       Cede o mar embravecido.

Todos os males humanos
Se moderam, se retiram,
Digam-no aqueles que o viram,
E digam-no os paduanos.

Repete-se: Recupera-se o perdido...

Pela sua intercessão
Foge a peste, o erro, a morte,
O fraco torna-se forte
E torna-se o enfermo são.

Repete-se: Recupera-se o perdido...

Glória ao Pai, e ao Filho e ao Espírito Santo…

Repete-se: Recupera-se o perdido...

V: Rogai por nós, bem-aventurado Santo António.
R: Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

OREMOS: Ó Deus, nós Vos suplicamos que alegre a Vossa Igreja a solenidade votiva do bem-aventurado António, vosso Confessor e Doutor, para que, fortalecida sempre com os espirituais auxílios, mereça gozar os prazeres eternos.

Por Jesus Cristo, nosso Senhor. Ámen! 

_______________________________________

[Com aprovação eclesiástica]
Outra versão:

Se milagres desejais
Contra os males e o demónio
Recorrei a Santo António
E não falhareis jamais.

Pela sua intercessão
Foge a peste, o erro e a morte,
Quem é fraco fica forte
Mesmo o enfermo fica são.

Rompem-se as mais vis prisões,
Recupera-se o perdido,
Cede o mar embravecido,
No maior dos furacões.

Penas mil e humanos ais,
Se moderam, se retiram;
Isto digam os que viram,
Os paduanos e outros mais.

- Rogai por nós Santo António,
- Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.